Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Auto-avaliação?

Embora bastante relutantes em relação à realização deste texto, vamos publicá-lo como resposta ao apelo da comissão organizadora do concurso.

Mas antes disso, devemos dizer que nos encontramos profundamente desagradados com a postura com que alguns colegas enfrentam o projecto: tal como já comentámos noutros blogues, este concurso é acima de tudo uma oportunidade para desenvolver um projecto útil e motivante.

Não uma competição.

A postura ideal:

Melhorar a cidade; Trabalhar para isso.

Passamos então a avaliar o nosso trabalho segundo o CCC:


Descrição das actividades de forma objectiva, centrando-se em aspectos essenciais:
Elaboramos uma planificação do projecto concisa e descrevemos ao longo deste tempo tudo o que realizamos de uma forma sucinta, procurando não exagerar no sensacionalismo. O post anterior, o tal dedicado à cultura, serve de prova.

Respeito pelas referências (hora, data,...) e recursos utilizados:
Tentamos mencionar o que utilizamos, embora tudo o que foi feito até agora resulta de um esforço árduo de pesquisa e muito trabalho de campo, já que a câmara tem respondido com silêncio às nossas tentativas de diálogo.

Comentários e reflexões críticas:
Será necessário? Estamos a realizar um trabalho com uma metodologia idealizada por nós.
Quando algo não correr bem criticamos o método.
Mas,
Se o idealizamos, é porque acreditamos que é o melhor:
o que haverá a criticar nesta fase tão inicial?

Criatividade, perceptibilidade, coerência:
Utilizamos um método de pesquisa, absorção e reflexão, terminando com um brainstorming sobre o problema, tentando elaborar um conjunto de soluções criativas e coerentes, susceptíveis de serem aplicadas.

Interacção com a comunidade:
Foi elaborado um cartaz para promover o trabalho;
Os nossos estudos baseiam-se em opiniões recolhidas junto da população, principalmente junto do público-alvo, os jovens;
Por outro lado, temos apelado junto da comunidade, à visita do blog e à crítica das ideias apresentadas.

Actualização regular do blogue:
O que é actualizar regularmente?
Temos actualizado com o necessário, com tudo o que se relaciona de uma forma muito objectiva e não maçadora com o nosso trabalho.




Visitem o blogue na próxima quinta, pois vamos publicar um pequeno estudo sobre a área do desporto e o seu desenvolvimento na Trofa, apresentando soluções para dinamizar este sector.

Cumprimentos,

002 ordem para criar (Nuno Azevedo, José Rui, João Maia)
sinto-me: Venham mais cinco
publicado por 002ordemparacriar às 23:44
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 12 de Dezembro de 2007 às 11:43
A vossa auto avaliação está muito boa. Parabéns :)


Comentar post

.002 ordem para criar (Trofa), de João Maia, José Rui e Nuno Azevedo. Núcleo de discussão do Projecto Cidades criativas.

.pesquisar

 

.Nº de Visitas

contactoscoches y motoshosting gratuitoestadisticasclasificados

.Musica na trofa


.posts

. O desinteresse dos jovens...

. Uma iniciativa para a cul...

. O novo post

. Biblioteca, biblioteca

. Desplaneamento urbano

. Relatório do processo, se...

. O regresso, a terceira fa...

. Um Parque da cidade

. Cultura - exemplos a segu...

. Planeamento Urbano (parte...

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.arquivos

.links

Trofa