Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

Às voltas na cultura

Bons dias.

Este post é dedicado à tal área subdesenvolvida na Trofa, apelidada de cultura..


O que origina esta estagnação?


Falta de espaços destinados à divulgação da expressão artística.
Escassez de eventos.
Apoio pouco produtivo.
Fraca adesão da população às poucas actividades realizadas.

Refiro-me principalmente à população JOVEM, pois, por outro lado, a população mais idosa apresenta-se em massa nos eventos a eles destinados.

O que poderia ajudar a combater?

O grupo tem estudado e discutido várias opiniões.
Repetimos a necessidade de criação de uma biblioteca municipal.

Lançamos uma ideia:

Criar uma casa da arte, de gerência entregue a uma associação de jovens artistas trofenses, que remodelariam o espaço e o tornariam num verdadeiro centro de promoção da cultura.
Uma casa com espaço
para a música,
para o teatro,
para a pintura,
para a fotografia,
para o cinema,
para as tradições,
e mesmo para a cavaqueira juvenil.

Um espaço que finalmente consiga revolucionar a mente estranhamente estagnada dos jovens trofenses.

Para a eficiência desta casa, esta deve localizar-se no centro da Trofa e sugerimos que surja da recuperação de uma habitação degradada. Pura requalificação urbana.

Iremos na próxima semana desenvolver esta ideia e comunicá-la ao pelouro da cultura da câmara municipal da Trofa. Agradecemos sugestões que nos possam ajudar a consolidar esta ideia.

Cumprimentos,
002ordemparacriar (João Maia, José Rui, Nuno Azevedo)
sinto-me: A boina até faz jeito...
publicado por 002ordemparacriar às 19:46
link | comentar | favorito
4 comentários:
De Anónimo a 7 de Dezembro de 2007 às 19:08
gostei bastante daquilo que foi postado, estando especialmente de acordo com este post, quando referem que a populaçao idosa adere mais aos eventos a eles destinados, mas tambem acho que ha uma valorizaçao dos eventos dedicados aos idosos, que sao em muito maior numero, do que os realizados especialmente para os jovens .Estes nao aderem aos poucos eventos que se fazem para eles, pela falta de divulgaçao.
continuem a apostar em dar ideias/ propostas mais concretas para esta questão .
bom trabalho


De Nuno Azevedo a 12 de Dezembro de 2007 às 00:46
Concordo quando afirmas que existem mais eventos destinados aos idosos: é um facto. Mas isto que assistimos na Trofa podemos dizer que é um efeito Budyko na sociedade. Os eventos destinados aos jovens são poucos, os jovens não aderem; a câmara faz menos, os jovens aderem ainda menos; e assim sucessivamente. A culpa é de quem? Nossa, principalmente nossa. Se houvesse mais dinâmica, mais vontade, mais juventude dentro de nós talvez o panorama fosse diferente.
E a divulgação é feita: pode não ser a mais eficaz mas é realizada. E como prova disso temos o concerto do passado dia 16 de Novembro. Foi bastante divulgado. Outdoors (colocados em pontos bastante movimentados (ex. EN 104 junto ao Centro de Saude), jornais.
E quantas pessoas apareceram? Nós os três e mais trinta.Ou quarenta. Poucos.
Temos que admitir que a culpa é nossa. Temos que ser mais activos e fazer mais. E querer mais.
De qualquer das formas muito obrigado pelo comentário e pela crítica: é disso que precisámos e é assim críticos que todos devemos ser. Continua a visitar que vamos em breve desenvolver esta última ideia e apresentar outras.


Comentar post

.002 ordem para criar (Trofa), de João Maia, José Rui e Nuno Azevedo. Núcleo de discussão do Projecto Cidades criativas.

.pesquisar

 

.posts

. O desinteresse dos jovens...

. Uma iniciativa para a cul...

. O novo post

. Biblioteca, biblioteca

. Desplaneamento urbano

. Relatório do processo, se...

. O regresso, a terceira fa...

. Um Parque da cidade

. Cultura - exemplos a segu...

. Planeamento Urbano (parte...

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.arquivos

.links

Em destaque no SAPO Blogs
pub